Quarta, 24 Novembro 2021 20:41

Professor é agredido até a morte após esfaquear ex-namorada em Boa Vista

Fonte G1/Redação
Gladson Alberto Loureto de Souza, de 43 anos, foi agredido com socos, pauladas e tijoladas, segundo relato de um promotor de justiça à PM, que testemunhou o momento. Caso ocorreu nesta quarta-feira (24), na zona Oeste da capital. Gladson Alberto Loureto de Souza, de 43 anos, foi agredido com socos, pauladas e tijoladas, segundo relato de um promotor de justiça à PM, que testemunhou o momento. Caso ocorreu nesta quarta-feira (24), na zona Oeste da capital. Foto:Arquivo Pessoal

Um professor identificado como Gladson Alberto Loureto de Souza, de 43 anos, foi agredido até a morte após esfaquear a ex-namorada, uma cuidadora de crianças, nessa quarta-feira (24) no bairro Asa Branca, zona Oeste de Boa Vista.

 

A ex-namorada foi encaminhada ao Hospital Geral de Roraima (HGR). Procurada, a Secretaria de Saúde (Sesau), responsável pela unidade, informou ao g1 que a mulher está sob cuidados da equipe multiprofissional da UTI, mas que outras informações só podem ser repassadas à família em cumprimento ao sigilo médico.

 

Um promotor de justiça, que testemunhou o momento, relatou à Polícia Militar que caminhava na rua Mestre Albano e viu quando Gladson esfaqueou a ex-namorada e fugiu. No entanto, foi perseguido e alcançado por moradores. Em seguida, o professor passou a ser linchado com socos, pauladas e tijoladas.

 

A PM relatou que Gladson foi encontrado pela equipe deitado de bruços no chão, com as mãos e pés amarrados com braçadeiras e a cabeça ensanguentada. Ele foi solto pelos policiais e chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu no local.

 

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para remover o corpo. O relatório da ocorrência foi entregue pela PM na Central de Flagrantes da Polícia Civil.